Fale Conosco

Roteiro Urgente

Roteiro Urgente

Justiça de Alagoas defere petição de deputado e suspende eleição presidencial da CBF

Principais Noticias

Justiça de Alagoas defere petição de deputado e suspende eleição presidencial da CBF

A decisão foi tomada nesta terça-feira (22) pelo juiz Henrique Gomes de Barros Teixeira.
#JustiçaAlagoas #deferepedido #vicesuspende
A 1ª Vara Cível de Maceió, Alagoas, acatou pedido do vice-presidente da CBF, Gustavo Feijó, para suspender as eleições presidenciais da entidade

Nesta terça-feira (22) a suspensão judicial das eleições presidenciais da CBF (Federação Brasileira de Futebol) marcada para esta quarta-feira (23) no Rio de Janeiro.

A decisão foi tomada pelo juiz Henrique Gomes de Barros Teixeira da Primeira Vara Cível de Maceió, que deferiu o pedido do deputado federal Gustavo Feijó. A ESPN tem acesso a esses arquivos.

Star+, a nova transmissão da Disney Agora você pode assistir a todo o conteúdo ao vivo da ESPN no Star+ a qualquer hora, em qualquer lugar. Uma nova maneira de assistir esportes. Inscreva-se agora.

Além disso, a ordem judicial impediu a CBF de afastar Feijó.

“[…] concordo em tomar as medidas urgentes necessárias para determinar a suspensão das eleições convocadas pela Federação Brasileira de Futebol em 23/03 e abster-me de cancelar a resolução da Assembleia Geral Extraordinária de 23 de março de 2017, e das eleições de 17 de abril de 2018, a destituição do autor Gustavo Dantas Feijó do cargo de Vice-Presidente da CBF também foi impedida até nova decisão deste Tribunal”, diz trecho da decisão.

O advogado de Feijo, Hugo Veloso, viajou até a sede da federação na Barra da Tijuca para notificar pessoalmente a entidade da decisão, informou a ESPN.

Sede da CBF no Rio de Janeiro, junho de 2015

Além disso, ele enviou um e-mail à agência e agora aguarda a CBF para cumprir a ordem judicial. O descumprimento dessa medida resultará em multa de R$ 50.000 por dia para a entidade.

Inscreva-se em nosso canal! Conteúdo ao vivo, original e a melhor programação da ESPN! Inscreva-se no nosso canal do YouTube, ative as notificações e não perca nenhum vídeo!

“Convocamos o presidente Ednardo (Rodriguez) por telefone. Entramos com um acordo na área de acordos. A entidade também recebeu uma notificação judicial por e-mail da agência. Entrando em contato com a reportagem, explicou Veloso.

A CBF vai recorrer. No entanto, a Commonwealth terá que correr contra o tempo.

O processo agora será no TJ-AL (Tribunal Estadual de Alagoas), o que significa que a entidade terá que recorrer para lá. Se as medidas emergenciais não forem derrubadas, o grupo irá ao STJ (Tribunal Superior) em Brasília.

A expectativa é de que as eleições ocorram na quarta-feira.

Clique Para Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

To Top